quinta-feira, 7 de julho de 2011

Mulheres de Burka no Shopping

"Domingo a tarde no Iguatemi, o centro do luxo paulista, colado na Hebraica, cheio de judeus, duas mulheres trajando burkas pretas, daquelas bem fechadas...fica a pergunta: se eles pregam contra o ocidente e pedem morte aos USA, o que elas estavam fazendo no shopping?"
Publiquei esse comentário no meu Facebook e isso gerou uma discussão entre meus amigos. Alguns me acusaram de fascista, nacionalista, outros apoiaram minha intriga. Como fotografo, fiquei frustrado por não conseguir uma imagem. Percebi com esse post que palavras valem mais que imagens.
Vou esclarecer, ou piorar: errei, ele(as) não estavam usando burka e sim niqab, sou a favor da liberdade, em momento algum questionei os hábitos, costumes, religião dessas pretensas senhoras, que bem poderiam ser transformistas, pois fato é que não se lhes percebiam as feições. Nada contra seu direito de fazer compras em nossas lojinhas.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Uma oportunidade coletiva anual

O ser humano precisa de exemplos para poder meditar sobre seus conflitos interiores e como ele se insere dentro da vida social. Precisa de um texto guia para suas atitudes e compreender o outro, o diferente. Muitas vezes apenas inteligência emocional é insuficiente, precisamos atribuir tudo a algo externo que nos faz agir, pensar e comportar, um deus, por exemplo. Precisamos da noçao de certo ou errado. Isso vai desde saber como tratar certos problemas até como reagir em casos extremos, como sair de um problema que nos sufoca. Sair da opressão, dentro de nossas células sociais: família, escola, amigos, trabalho, sociedade. Acreditar que um povo se formou no Egito, era escravo do faraó, que os obrigava a construir enormes pirâmides, pode parecer coisa de filme. Quem assiste o Canal Discovery sabe muito bem que existem evidencias sobre os hebreus nas escavações de inúmeros sítios. Sabe-se que os hebreus existiam e costumavam escrever em escrita cuneiforme, esta não encontrada nos sítios arqueológicos, a não ser uma descrição encontrada na tumba de Ramsés III, onde os hebreus aparecem vindo com seu burrinho, e os rolos de pergaminho. O que se sabe ao certo, eles escreviam, e podem ter inventado a maravilhosa epopéia do Êxodo e seu libertador.
Escrevemos uma lenda para justificar uma situação narrada na Tora, a falta de modos, apatia, desconfiança, dentro do mesmo povo. Fica sempre fácil atribuir a alguém certo grau de divindade, apenas por sua postura e nível de articulação. Bem provável, Moises era um príncipe egípcio, depois foi rei na terra dos beduínos e quando fala com a sarça, já tinha seus 70 e tal, portanto poderia ter algum problema de audição, e era gago…quando ficava irritado gritava, e D'us não gosta que gritem com seu povo. Por essa razão, Moises autor da obra e nosso maior profeta, foi castigado e não entrou na Terra Prometida. Você entrou, ele não…pense nisto nesta noite. Se o que foi escrito aconteceu ou não, apenas mero detalhe. O importante não esta em sentar e se refastelar, comer pão ázimo e beber vinho, comer o korban, isso você pode fazer em Pesach Sheni. Esta escrito no Talmud, todos os mandamentos serão cancelados no futuro. Mas a lei em vigor será rígida como Beit Shamai, que dizia: receba a todos com uma cara bonita!
O mais importante nesta noite: algo passou sobre o Egito. E erradamente nos alegramos pelas pragas e pelos egípcios afogados na travessia do mar, quando a própria Tora enfatiza que nunca
devemos nos alegrar pela desgraça de nossos inimigos. Esta noite deveria ser o momento de sair definitivamente de nossa escravidão interior, de nossos empregos e da rotina de nossas obsessões por mais poder material, todos as causas que nos deixam inertes diante de tudo o que acontece de importante no mundo. Tudo parece longe. Até o momento que nos atinge diretamente, como os mísseis atirados diariamente de Gaza.
Pesach, na realidade nada mais é do que uma oportunidade que se renova a todo ano, uma chance de recomeçar para todo o Povo de Israel e voltar a ser um exemplo para o mundo.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O morro desceu pro asfalto

No ano de 2007, em São Paulo, ocorreram ataques a bases da policia, em acoes ousadas e  semelhantes as que vem acontecendo no Rio hoje. A prefeitura no Rio foi alvo de atentado nessa mesma época. Esse crossover de criminosos do Rio e SP já tem tradição. Foi assim ao transferir Beira Mar, ao pressionar o líder do PCC preso e ao transferir agora outros lideres de faccoes presos, para o interior de SP.
O culpado desta zona toda de hoje
Vamos tentar entender, se é que isso ainda pode ser feito,  o que realmente acontece no Brasil com o crime organizado. Por que apesar de tanta proibição, tantas leis e impostos ainda existe tanta informalidade e crime no Brasil. Falta educação. Faltam saúde, falta moradia, emprego.  O Estado e a União são os responsáveis por essas mazelas e não os cidadãos. Não se trata de uma guerra e sim de uma atitude ofensiva pé de chinelo, no sentido de tentar intimidar o poder publico, diante de  um estado corrupto e corrompido, que cobra taxas e impostos em excesso, e excluiu essa enorme fatia de pessoas revoltadas. Isso acontece, quando os  representantes do poder fazendo uns bicos, fornecem armas e drogas para os bandidos, que por sua vez também são consumidores de drogas e de tudo o que esta proibido para a maioria da população. Então pergunto eu: quem vive melhor? Nos, em nossos castelos gradeados, ou os outros em suas comunidades que fazem o que querem e ainda desafiam o poder publico? Mas eles também tem suas famílias...então afinal quem esta oprimindo quem? Os homens da lei, depois de venderem armas e muni coes e liberarem drogas para as faccoes, novamente em seus postos de trabalho, vão prender armados de fuzis e caveiroes, como vimos no filme...os fiscais ao fiscalizar recebem propinas e depois denunciam os infratores...trata se de um povo com desvio de conduta muito serio!
Ouvindo ontem o Boechat, ele parece assustado, mas como assim a sociedade esta sendo atacada pelas faccoes e não pode pedir auxilio ao governo federal? Digo eu: o governo federal deu essas favelas e esses criminosos armados e seus assessores para o Rio. E como bem explica o Ricardo, devem ser muitos, uns 500 homens. Calculou por baixo. Devem ser milhares ou milhões em todo o Brasil. 
Através de sua politica miserável económica, todos os povos do interior os garimpeiros, grileiros, contrabandistas, muambeiros, carvoeiros, ladroes de colarinho branco e por ai vai. Só o lucro da Petrobras dava pra gente fazer muito mais, mas nao! Temos que ter Brasília. Pra que serve Brasília????
Para distribuir o produto do roubo que e realizado sob as barbas do pais. Isso quando os caras estão la.
Contratam metade da população e deixa o resto chupando o dedo morando em favelas para poder sub trabalhar perto do emprego. E ainda proíbe o pessoal de se drogar. Mas encher a cara e sair fazendo merda ao volante, roubar nas notas frias e nas licitacoes nos processos absurdos e fraudulentos contra inocentes, permitir por decreto a cobrança de impostos e juros absurdos e para la de abusivos. 
Cobrar impostos que inviabilizam o negocio, multar e rebocar os carros dos que não conseguem fechar o mes, pode, dar o rabo pro traveco o senhor politico engravatado pode, adultério e jogo do bicho pode, pode fazer filhos em meninas de 14 anos, com esta cheio por ai, disso não se fala, nê? 
A pergunta que fica: para que a policia precisa ostentar armamento pesado, se não se trata de uma guerra como estão afirmando. E se realmente existe um conflito, por que razão os cidadãos não tem o direito de se defender?
A solução, em minha humilde opinião, passa por uma reforma no Brasil, pois essas mazelas que vemos hoje a tragedia esta sendo causada pela descontrloda expansda oods centros urbans oda migracao do nordeste , da seca, da roubalheira dos orgaos publicos que permitiram a expansao das favelas. O Brasil com seu poder centralizado e excludente,  tem culpa pela violencia e nunca seus municipios. Temos  que passar por uma enorme revisão politica, da autonomia aos estados e inventar uma utilidade para o distrito federal que seja REAL, militar, estrategica, mas descentralizar a politica, determinar o fim do autoritarismo no estado, a retomada da responsabilidade da civil pela sociedade, e por seu povo, no modelo que se da em outros tantos países. Chega de excesso de leis e opiniões retrogradas de padrecos, crentes e políticos mentirosos. Quando o poder realmente emanar do povo como esta escrito na Constituição, ai talvez poderemos ver uma luz.
Santa Ignorância, padroeira dos brasileiros.
Então ta!
Adicionei a este artigo o link da da Desciclopedia, uma forma engraçada de entender melhor esta bagunça! 

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Frango com PimenTa

Filet de Sobre coxa Desossada de Frango com Puré de Batata com Alho Poró por menos de 10 reais!

Foto Nedal
Já que tudo vai acabar em pizza e enquanto forças ocultas fazem seu trabalho, o povo brasileiro pode fazer este maravilhoso prato para duas pessoas por apenas 10 reais, vamos a receita entonces...
Ingredientes: 2 sobre coxas grandes de frango. Pode ser o frango Índio Caipira, como que usei na receita da foto, garante um prato com umas 200 gr de carne, contra 120 gr aprox. num frango congelado. 
2 batatas grandes e um alho-poro. Batatas todos conhecem, mas o alho-poro nem sempre existe. Pode usar alho comum se não tiver o poro. Salsinha. Azeite, 1 dente de alho, sal, pimenta calabresa 1 colherinha, pitada de paprica, 4 colheres de molho de tomate, 1 colher de mostarda, pitada de alecrim, e noz moscada. 2 colheres leite de coco e uma colher de margarina.
Preparo: desossar a sobre coxa é fácil, desde que você tenha uma boa faquinha, bem afiada. Do lado oposto ao da pele, o osso aparece após a primeira incisão, basta agora inserir a faca por trás do osso até soltar um lado, depois fica fácil tirar o resto. Sobra o filet. Apare a gordura branca mas deixe a pele. Coloque os filets numa vasilha com sal, por uns minutos. Corte as batatas e o alho. Coloque de molho para tirar o amido da batata. Escorra bem, coloque as batatas e o alho-poro para cozinhar com agua e uma pitada de noz moscada. O segredo da cocção rápida esta em usar pouca agua numa panela pequena, deixando cozinhar por uns 20 minutos. Tempere o frango com o alho picado, sal, alecrim, mostarda, paprica, pimentas, azeite, e molho de tomate. Deixe marinar o frango e vamos fazer o puré, enquanto isso esquente  a frigideira. As batatas devem estar moles e o alho desmanchando para fazer o puré, tire o excesso de agua mas deixe um pouco...com a ajuda de um pilão, objeto indispensável na culinária moderna, soque bem até obter uma massa com mais de 51% de inteligencia ai agregue o leite de coco, sal e margarina. Pode usar leite e manteiga francesa, mas ai já não seria mais socialista e sim burguês.
Azeite a frigideira tefal arranhada que você ganhou de presente no ultimo natal. 
Coloque para dourar os filets por uns 4 a 5 minutos de cada lado, tampando a frigideira, use o caldo do marinado que sobrou diluído com meio copo de agua quente, durante o cozimento para evitar que a gordura queime.  Tire do fogo e separe os  filets. Coloque o resto do caldo e deixe reduzir.
Modo de servir: colocar um pouco de pure no centro do prato, depois vem o filet apoiado na massa e o caldo derramado com cuidado. Espalhe a salsinha e Bom aPeTite!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Evangelho segundo a Internet ou Recebemos email de D'us avisando fim de validade do contrato

de: D'us, seu Chefe
 godisone@theserver.god
to: undisclosed reciepients
15/6/2010

Eu sou o teu Deus!

Queridos Humanos:

Quando me dirigi a Moisés no deserto, o Príncipe do Egito e meu imitador  favorito, percebi que além de gago, ele estava um pouco velho e triste, estressado. Na verdade, também sou assim, por essa razão ele era assim. Tal pai, tal filho. Quebrou as tábuas, e temo quando ele escreveu os termos no livro, demorou muito. Logo depois depois  esqueceu tudo ... assim, decidiram os outros mamíferos escrever novos livros, mudando minhas palavras. Como eu tinha falado, distorcem as minhas palavras no que você chamou os profetas. Sendo assim, meu contrato e minha Aliança com vocês, já era.

A verdade é que o meu desejo real neste momento é  extermina-lo da face da terra, mas há uma razão importante pela qual não posso faze-lo: você, fpd! Eu já tentei, lembra? Lembra de Noé, era o maior cara, mais que o Lula. Ele foi tão legal...e os animais, como eu poderia matar todos, sem prejuízo de Noé? Eu sou grande, mas eu não sou como um Mc Donald's, que você pode pedir e obter algum efeito ... o meu poder é tão grande através de você, que apenas um único homem, pode sobreviver e continuar a vida apesar de ir contra  minha própria vontade ...

Eu não necessito  fazer qualquer esforço para aniquilar você, meu amigo. Apenas alimenta-lo. Você mesmo vai fazer o trabalho, sem mim, mas usando meu nome em vão ... o tempo todo. Porque eu estou dentro de você, e de tudo, e não importa o que vocês chamam de religião, não posso aceitar essa fantasia desse tipo de mamífero.

Coloquei  você na terra para evoluir, você nao percebe? Fazer uma casa eterna para mim, para o animal, vegetal e mineral,  num constante processo de evolução para outros planetas, no futuro próximo!

O Boss
pergunte ao Roger,  se você dúvida!

*Aproveitando o fato de que a maioria de voces sao idiotas, isso segundo o rabino e jornalista e pai de santo Nelson Rodrigues, sei que devem estar todos atentos no computador, ferramenta que eu criei exatamente para essa hora: a Copa do Mundo online! O Evangelho segundo a Internet.

sábado, 12 de junho de 2010

Filme de terror em alto mar!

Mavi Marmara, ou o Ataque dos Pé de Chinelo, um Filme B

Depois de Tropa de Elite, vem ai, mais lixo do cinema nacional. Comandos treinados de  Israel, seminus caídos no chão e chorando diante de facas, sendo empurrados e chutados por pés de chinelo. Difícil de engolir para quem já serviu numa dessas unidades. Na minha época, acho que como não existia celular com câmera a gente podia atirar antes e perguntar depois…Cheguei a levantar a hipótese de fraude, pelas fotos, poderiam muito bem fazer parte da campanha, lembram as fotos das campanhas publicitarias da grife Benneton,  com um certo tom de deboche…mas o mesmo mau gosto!! Parece tudo posado, a produção usou modelos turcos usando uniformes parecidos com os de Israel. Os chinelos dos turcos são, bem…deixemos isso pra la. Afinal, a gente não costuma tripudiar.

Cineastas, assim como jornalistas e escritores, trabalham com fatos, acontecimentos, para poder escrever seus roteiros, livros, crônicas, etc. Assim como qualquer processo de criação artística, envolve alguma pesquisa e a analise de evidencias e outros detalhes escondidos no assunto a ser trabalhado. Criatividade é muito importante, mas o conhecimento profundo do assunto permite
um resultado bem mais próximo da realidade. Por essa razão, o filme de terror da cineasta brasileira ( que mora em NY e ninguém viu nenhum filme)  Iara Lee, neta de Bruce Lee, e autora do roteiro e sócia do Hamas na produção, não contava com a falta de apoio da Turquia que tirou a bandeira do navio antes de partir, e com a pobreza do cattering…e o que dizer da ajuda humanitária podre que a fiscalização sanitária achou no porão do navio??

A falta de vontade e o pouco conhecimento da questão palestina-israelense,  coloca Gaza como sendo um território isolado por Israel. Iara ignora o fato que a população local pode muito bem passar pelo lado do Egito, que assim como Israel, também bloqueia o território, evitando a entrada de armas. Um detalhe: se Gaza esta sitiada e não tem dinheiro quem banca o ódio do Hamas?? A produção do evento acabou ignorando ou ninguém avisou a produção e a diretora, que Israel não permitiria o acesso a Gaza de nenhum navio, nem de bote. Afinal, de terroristas e fanáticos já basta o pessoal do Hamas que vive lá.

Acho que foi com uma ponta de inveja que Silvio Tendler, preterido no filme sobre a vida de Lula,  o documentarista de JK, conivente com a miséria que reina na Faixa de Gaza do Rio, escreveu sua carta aberta ao governo de Israel. Queria ele ter tomado mais uma verba a fundo perdido da cultura, e feito o épico com Iara Lee: nossos avos enterrados em cova rasa em Auschwitz, se viram na tumba de vergonha!! Com cineastas incompetentes como esses, a imagem de Israel fica mais uma vez prejudicada, ou de vez!

O bispo Pedir Mais Cedo bem que podia dar uma força e fazer um longa com Chuck Norris, sobre como evitar a divisão de Jerusalem…eu dirijo essa produção, pelo menos conheço ambos os  lados do problema, e ainda por cima sei ler um mapa, onde consigo ver no Oriente Medio, um pequeno pais democratico cercado por terroristas por todos os lados.

Lula Grelhada com Arroz da Tinta