segunda-feira, 21 de abril de 2014

Nem tudo está perdido...ainda!

O pior inimigo da Natureza é o ser-humano e sua sociedade organizada, industrial. O mar e o ar que respiramos estão se tornando inviáveis para os peixes, aves, e outras formas de vida. Em breve, as condições atmosféricas podem acabar com a vida humana, se a contaminação do ar e da água, assim como da terra, continuar nessa escala. A maioria da enorme quantidade de plástico, toxinas e metais pesados despejados no meio-ambiente todos os dias, não recebem tratamento adequado. As leis protegem as empresas poluidoras e o direito ao uso dessas mercadorias e bens de consumo criados, são definidos como propriedade privada e protegidos por lei. E a propriedade comum? O grande bem, a Criação Divina começou pela Terra e não pelo Homem! Ativistas ambientais são assassinados e considerados terroristas, presos. A industria e o mercado enriquecem o Homem acabando com a Natureza. Tudo em Nome de um deus de antigas religiões que ignoravam a existência de outro lado do Planeta, e acreditam em palavras humanas escritas, onde outras pessoas mais espertas são profetas, filhos de deus e devem salvar espiritualmente, mediante uma pequena doação, os semelhantes para que eles produzam mais lixo e façam a guerra contra aqueles que não acreditam nas palavras do seu livro. Tudo um lixo! Felizmente as novas gerações estão se ligando nessa questão, não apenas nos aspectos legais ou socio-ambientais, mas no lado filosófico da coisa, na idéia de que se torna possível limpar o planeta, se assim desejarmos, mas como um todo. Claro que a enfase na mídia esta nas questões mais imediatas como as guerras e conflitos, nas finanças ou no emprego. A fome sempre foi tratada como um asset pelo mercado, quanto mais fome, mais se produz lixo industrial, mais sede, mais pet, e assim por diante. Uma verdadeira revolução precisa acontecer nos métodos de distribuição e educação, onde as pessoas sejam parte do processo como um todo, num ciclo sustentável. Já temos muitas iniciativas por todo o planeta, em diversos países, graças ao progresso cientifico, a tecnologia possibilita que as informações sejam cada vez mais publicas, dando aos indivíduos poder para disseminar e colaborar, ser uma ferramenta. O GMA, Guardiões da Mata Atlantica com projetos como Resevalores e Grumarilhas, o Instituto Eco-Faxina, entre outros tantos jovens ativistas, biólogos, veterinários, oceanografos, mergulhadores, amantes da natureza, assim como organismos internacionais, como Green Peace, podem ensinar muito com sua experiência sobre os perigos que estamos enfrentando. Todos os seres da Criacão, ameaçados hoje sob as areias das praias, nas florestas, no mar, na agua que consumimos e no ar. Iniciativas pontuais como o Captain Don, são muito interessantes e bem vindas. Na foto abaixo, material recolhido na praia da Reserva, em algumas horas, num pequeno pedaço da praia...
   foto: Dudu Lima Filho

http://www.marinecleanupinitiativeinc.org
http://guardioesdamataatlantica.org

Nenhum comentário:

Lula Grelhada com Arroz da Tinta