sexta-feira, 24 de julho de 2009

Ethos


Eicha a Ética?

Esta semana, véspera da semana de 9 do mês de Av, (pai) quando percebemos que nada acontece por acontecer, continuamos sem perceber antigos erros. Abri o jornal e me deparo com alguns judeus, e gentios, algemados na primeira pagina do Globo: desbaratada rede de rabinos traficantes de órgãos, traficantes de influencia e corruptores. Parece aqueles casos que aconteceram na Europa na Idade Media, quando as bruxas eram perseguidas. Nos acusaram de usar sangue humano na matza, mais uma vez vamos pagar pelos males de toda a humanidade, apenas por sermos judeus, diferentes, por assim dizer? Espero que os fatos sejam esclarecidos rapidamente. Se os Naturei Karta se dizem rabinos, podem beijar o Ahminejad e são tão judeus como eu, então um rabino que vende órgãos humanos no mercado negro, também deve ser considerado uma pessoa como outra qualquer. Um criminoso. Perdoar é uma virtude, e deve ser praticada por todos. Como faz o Criador e a Natureza: castiga a Terra e seus habitantes e ao mesmo tempo lhes proporciona tudo de bom. Cabe a cada um arbitrar.

Tinha um rabino envolvido no caso, o que demonstra que rabinos, assim como prefeitos são pessoas normais, eleitas para servir e não para trambicar!! O que nao justifica que os jornalistas chamem de rabino só por que o cara se veste com as roupas da Polônia e parece um shochet(abatedor) com aquela barriga que sai da barba...está na hora de nossos rabinos e ortodoxos em geral, melhorarem sua postura perante a opinião publica, leiam o Tanya, acho que pode ser útil.

Coincidência, mas nos deparamos com a porção semanal da Torá, onde Moisés usa a palavra Eicha, (eicha esa levadi, como posso carregar sozinho) ou seja, uma palavra mista de eich, como, e o hei final, do sufixo usado para representar ma, aquele, ou o que. O Rashi explica que Moisés se refere ao fato de que mesmo sendo remunerado seria impossível ele continuar julgando todo um povo sozinho. O que a Tora quer nos dizer ai, claramente, que nenhum homem pode pretender estar acima do Criador, nem sequer tentar entende-lo, muito menos agir em seu nome, usando seu Nome como credencial ou mesmo como objeto. Como e porque, tudo acontece, Ribono Shel Olam, como isso pode acontecer?? Falta de Ética. Mentiras, falsas crenças, superstições, mesmo atribuídas ao Santíssimo, roubar órgãos de pessoas, por exemplo, ou mandar os outros se explodirem. Dá na mesma.
Por essa razão, pode-se considerar que a Ética comportamental foi definida no deserto com o recebimento da Tora. O midrash conta que os anjos ficaram revoltados com a oferta da Lei para os humanos.
Acho que eles já devem ter percebido, que precisamos das leis e regras, mesmo que para poder quebrar e questionar. Mas elas não são para serem usadas em proveito próprio, por salário.

Essas são as mesmas palavras choradas em 9 de Av, quando tantas tragédias se abateram sobre o povo judeu, Eicha, esse é o nome da Meguila lida nessa data triste.
Moisés questiona seu poder como humano, como líder, apesar de sua estatura como tal já consolidada? Não, ele apenas quer dizer ao povo sejam seguidores das leis, façam a justiça de acordo com as leis Divinas e nunca de acordo com seu humor ou interesse próprio. Mas o povo cresceu e com eles os maus, os que se revoltam contra as leis. Novos representantes em cada tribo foram nomeados, para que homens virtuosos pudessem trazer para julgar os casos que achassem pertinentes. Mais ou menos assim, devem ser os rabinos e políticos: tragam os problemas para serem resolvidos dentro da lei.

Esta escrito em algum lugar no Talmud da Babilônia, no Tratado Nedarim, que o Segundo Templo em Jerusalém, foi destruído por que os alunos estudantes da Torá não fizeram uma bracha, uma benção antes de estudar a Torá.
Parece o que vemos nos dias de hoje, muitos estudantes se esquecem que o Todo esta acima do privado. Como disse Baruch Spinosa, um sábio judeu genial, estudante da Torá e de outras religiões, criador do conceito moderno teologia-política, cientista que descobriu o microscópio e que D;us vive dentro de uma gota de água suja, excomungado em sua época, deverá terá sua imagem recuperada em breve. Um de seus tratados mais importantes fala sobre Ética. Assim disse Espinoza no Trado para Melhorar a Compreensão, em 1666, ano em que Shabetai Tzvi, mais um falso Messias, como todos os que já vieram enganar os homens, trazia confusão e o inicio do fim de uma das maiores comunidades judaicas, a Jerusalém do Oeste, Amsterdã: "Existe um Ser que engloba todos os Seres, e que fora Dele, não existe Ser! Antes dessa estonteante declaração de amor ao Criador, ele detona todos os profetas, explicando desde Moisés, como cada um deles, inclusive Moisés, nao devem ser levados ao pé da letra, sob risco de nos tornarmos como os fundamentalistas, ou os que nao acreditam nos fatos, por dizer assim.

A sabedoria judaica antiga, recebida junto com a Torá, esta contida nas entrelinhas, mas deve ser examinada a luz da realidade, do mi(quem) e não apenas do ma( que). Uma coisa é você acreditar que uma vez o mar se abriu, que ouve um diluvio, mas da ia você achar que vai se abrir por um comando de algum mishigue com uma vara?? Um exemplo do que Spinosa usa o circulo, ou mesmo a crença em que o mundo era plano. Profetas mentem, inventam, e algumas vezes algumas coisas acontecem, pois a natureza humana tem um padrão repetitivo, mas a Criação não. O circulo continua redondo. Fico com o Arizal, r.Itzchak Luria Ashkenazi, discípulo do r. Cordovero, grande místico estudioso do Zohar, cujos ensinamentos deram origem ao movimento chassidico e hoje são deturpados por cabalistas de todos os tipos, que usam o lado teórico que explica o interior os segredos da Torá, mas ignoram sua estrutura material, ou seja , um ser sem matéria não existe num mundo material, da mesma forma a Torá não funciona se olhada apenas por seu lado místico, energético espiritual, sem que o corpo que são as Leis e Mandamentos sejam usados, cumpridos em sua forma fisica. A energia positiva esta no ato de dar, material, em moeda local, compartilhar, nao adianta você ficar olhando as letrinhas com os Nomes e achar que sua vida vai mudar. Se liga! Arizal antes de Baruch já dizia: todos os reis estão mortos!! Humildade para reconhecer que não estamos dando o suficiente. Todos querem apenas receber. E com Benjor, "se malandro soubesse como é bom ser honesto, seria honesto só por malandragem... viva o Todo. E o Nada. Tanto faz.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá,
Kol Ha Kavod!

Gostei muito do material que publicaste.
Estou pesquisando uma possivel afinidade de Spinosa com alguma parte da visão de Luria...

No que se refere a D'us estar no mundo, estar dentro e fora ,conter e estar contido.
Também não ser um velhinho de barba que castiga e dá regras.

Acredito na Revelação, nas diferentes dimensões da Realidade.

Shabat Shalom!

Iara (madricha machon da Chazit Hanoar, 1965)

Lula Grelhada com Arroz da Tinta